link href='http://fonts.googleapis.com/css?family='Manhattan+Darling' rel='stylesheet' type='text/css'/> Mistura Cacheada: Janeiro 2015

31 janeiro 2015

Erros comuns ao cuidar do cabelo cacheado

Quem nunca penteou o cabelo seco, encheu o cabelo de creme, saiu de casa com o cabelo "boi-lambeu"? Assumo, já fiz isso muito quando não sabia cuidar do meu cabelo, que cacheada nunca fez isso não é? Se vocêfaz algum deles ainda, continue lendo que esse post é para você, te darei bons motivos para deixar essa pratica de lado.

Deixe seu cabelo respirar

Acredito que esse seja o maior erro de todos, na busca de um cabelo controlado e no lugar o dia todo emplastramos o cabelo de creme e outros produtos, para piorar ainda mais a situação fazemos isso mais que uma única vez no dia, repetimos esse processo cada vez que sentimos que nosso cabelo não está  do nosso agrado. Para se manter sudável o cabelo precisa respirar, ao entupir o cabelo de creme, leave-in, mouse, você entope os folículos capilares, isso causa sérios danos ao cabelo, além do que, manter o cabelo sempre úmido pode causar doenças no couro cabeludo como caspa.

Pentear o  cabelo seco

Só quem já tentou fazer essa arte, sabe qual  resultado obtido, muitas pessoas fazem isso na busca de baixar o volume natural do cabelo, porém não é isso que realmente acontece, ao pentear o cabelo seco apenas conseguimos aumentar ainda mais esse volume. O erro de se fazer isso é que ao pentearmos o cabelo seco quebramos, danificamos o nosso fio.

Lavar todo dia o cabelo

 


Cabelo cacheado é naturalmente um cabelo mais ressecado, o fato de lavá-lo sempre irá retirar a pouca oleosidade existente nele, por esse motivo o recomendado é dar intervalos entre a lavagem, se sente que seu cabelo ainda está limpo e não está precisando ser lavado, não lave. Já vi relatos de gente que consegue ficar até 4 dias ou mais sem fazer isso, e com o cabelo limpo. Uma boa pedida para substituir a lavagem com shampoo é fazer a lavagem com condicionador, tradicionalmente conhecida como co-wash, assim você limpará os fios sem necessariamente retirar a oleosidade, esse processo é bom também para retirar o excesso de produtos finalizadores.

Lavar o cabelo som o shampoo errado

 

Conseguiu dar um intervalo entre as lavagens? Ok, e qual shampoo você vai usar, qualquer um? Pode parando por ai, como a oleosidade natural do cabelo não chega até a ponta do fio, o ideal para esse tipo de cabelo são os produtos hidratantes, esse tipo de shampoo geralmente são perolado. Você pode utilizar um shampoo transparante uma vez na semana ou pelo menos de 15 em 15 minutos, apenas nesse caso, o uso contínuo desse tipo de shampoo irá ressecar ainda mais o cabelo, danificando-o ao invés de mantê-lo hidratado.

Dormir com o cabelo molhado

 


Correria do dia-a-dia, acordar cedo, passar o dia fora, muitas vezes não sobra muito tempo para cuidarmos de nós mesmos, assim deixamos para tomar banho e lavar o cabelo próximo a hora de ir dormir e muitas vezes até a hora de ir para cama o cabelo não está completamente seco e com preguiça de esperar mais um pouco, dormimos com ele no estado em que está, assim como no primeiro caso, dormir de cabelo trará muitos malefícios para seu cabelo, a possibilidade de criar caspa e doenças do couro cabeludo é ainda maior. Se possível invista em um difusor e seque seu cabelo com o secador, mas não faça isso com frequência, o uso excessivo de secador também prejudica o cabelo, aproveite que está calor e aproveite o vento do ventilador e também invista em um tecido de malha e utilize para amassar os cachos de baixo para cima, isso além de secar auxiliará a formação dos cachos.

Espero que você tenha gostado e se faz alguma coisa dessa, pense um pouquinho na saúde do seu cabelo e tente readaptar a sua rotina.

Quero conhecer você: Me ajude a melhorar o conteúdo do blog respondendo a essa pesquisa.

29 janeiro 2015

Tag - Morando Junto

  • Hoje faz 365 dias, faz 1 ano.. ♪♫
É com essa música que começo o post de hoje, nesse mesmo dia a um ano atrás eu firmava relacionamento com uma pessoa muito especial, meu lindo namorido. Nesse meio tempo de namoro a gente começou a morar junto, nesse mês fizemos 8 meses de "casados". E eu sei que muita gente ainda acha estranho pessoas tão novas morarem juntos tão cedo e algumas até criticam, pensando nisso criei uma tag para desmistificar um pouco esse assunto e que pode ser respondida tanto por quem mora com namorado, noivo, amigos ou até mesmo com o marido.

 
(Desculpem a posição que estávamos, só depois que percebi que ficamos quase sumidos do vídeo, porém não tivemos como regravar, foi o único dia live que tivemos para fazer o vídeo)

A tag consiste em 10 perguntinhas simples e rápidas de serem respondidas, sendo elas:
  1. Quanto tempo vocês se conhecem?
  2. Moram juntos a muito tempo?
  3. O que mais te irrita no outro?
  4. Como fazem quando estão brigados?
  5. Como dividem as tarefas?
  6. Uma coisa divertida que vocês gostam de fazer juntos?
  7. Um momento embaraçoso que já aconteceu?
  8. O que os outros dizem de vocês morarem juntos?
  9. Na hora de arrumar a casa, como fazem?
  10. Melhor coisa de morar junto com alguém.
Fique livre para responder da forma que achar melhor, em vídeo ou escrito, esse é para ser um momento de descontração entre você e a pessoa que mora junto, só não se esqueça de colocar a sua resposta e a da outra pessoa. A única regrinha para essa tag é não esquecer de citar que foi eu a criadora, indicar esse post ou o link do vídeo e indicar de 3 a 5 pessoas para responder essa tag.

Indicados a responder :
Barbara Lustosa do blog Querida Mel
Katia Moteira do blog Kaká Blog
Caroline Daros do blog Faça com a Carol - Diy
Layra Mendonça do blog Just a small town girl
Andressa Garcia do blog Melhor Esconderijo
Lêêh Bartowsky do blog Blog da Anna B.

O intuito desse post era falar principalmente da tag que criei em comemoração a essa data, mas preciso falar um pouco sobre morar junto com alguém tão cedo. Essa é uma decisão importante na sua vida, porém ela traz consequências também, para fazer isso você precisa pensar muito antes, não é porque você e a pessoa se dão bem que ao morar junto isso poderá continuar acontecendo, afinal se ver apenas algumas vezes na semana não é a mesma coisa de dormir e acordar no mesmo ambiente.

Mas Dé, eu quero namorar com meu namorado porque minha família não aceita nosso namoro! Você é menor de idade? Tire isso da cabeça então, uma das piores decisões que você poderia ter. Primeiramente tente entender o motivo da sua família para não aceitar esse namoro, a conversa é a melhor solução para todos os problemas e sendo menor de idade, os seus pais que são os responsáveis por você, se deseja seguir esse plano você só tornará as coisas piores para você, pra sua família e desse jeito mesmo que seu namoro não será aceito.
É maior de idade? Pense bem antes de tomar a decisão, morar junto não é a mesma coisa que ficar na casa dos seus pais, analise tudo antes de tomar qualquer decisão precipitada para não se arrepender quando for tarde demais.

26 janeiro 2015

Blogger X Wordpress

Quem já acompanha o blog a algum tempo percebeu que mudei para o blogger, avisei isso no último post no wordpress. Mas por que eu fiz isso? É isso que irei contar para vocês hoje.


Primeiramente tenho que assumir que fiz essa mudança triste, eu gostava muito da antiga plataforma que usava, ainda que tivesse recursos mais limitados que o blogger. Como vocês percebem, comprei o domínio do blog e isso era uma das metas que eu tenho para 2015, logo após ter feito a compra que fui me informar como preceder para fazer o redirecionamento para o novo endereço, e qual não foi a minha surpresa ao descobrir que o wordpress disponibiliza esse recurso apenas se você pagar uma taxa anual e isso não é nada baratinho, não sei dizer o quanto exatamente aqui pois não estou conseguindo acessar o wordpress hoje. E convenhamos né, se eu já comprei um domínio eu não quero precisar pagar ainda mais para fazer tal mudança, apenas por esse motivo mudei meu blog.


As duas plataformas funcionam de formas diferentes, cada uma possui recursos bons e que se adequam a todo tipo de pessoa, depende de você escolher qual a melhor e que se enquadra no seu perfil. Se você está em dúvida em qual deles começar no blog, talvez esse post vá te ajudar um pouco.

  • Prefere futuramente comprar o domínio, assim como eu fiz? Indico então utilizar o blogger, a não ser claro que você não se importe de pagar o domínio mais a taxa cobrada para fazer  o redirecionamento.

  • Se você utilizar o wordpress.org o processo talvez seja diferente, nele você já consegue modificar o seu tema, porém se você está pensando, ah entendo tudo de html, vou partir para o wordpress, pode parando por ai e ficando no blogger, a codificação usada por essa plataforma é o PHP, ele é mais complicado para mexer, mas nada te impede de tentar não é?!

  • Pretende se dedicar bastante ao blog e quer receber por isso? O blogger possui o Adsense, já conhecido por muita gente, se você não gosta desse tipo de remuneração com o wordpress você apenas conseguirá com parcerias ou divulgação, pelo menos aqui no Brasil. Eles até disponibilizam um recurso parecido com o  Adsense, mas para se qualificar para tal você precisa ter domínio personalizado e se inscrever e por enquanto o Brasil não está na lista dos países que podem usufruir dessa oportunidade.

  • Se assim como eu você utilizar o wordpress.com, notará que muitos recursos são restritos, como por exemplo, alguns layouts são pagos, os que são gratuitos você conseguirá modificar apenas alguns mínimos detalhes. Por esse motivo você não terá um layout com a sua cara e terá o risco de encontrar vários outros tão idênticos ao seu.

  • Uma coisa que eu amava de paixão, os blogs que você segue no wordpress aparecem na sua lista de leitura, sendo esta a primeira janela a aparecer quando você faz login na sua conta. O blogger também possui uma lista com os blogs que você segue, ele fica abaixo do nome do seu blog na página principal, mas não é a mesma coisa para mim.

Foram coisas simples que eu percebi, mas que se eu soubesse antigamente teria feito uma escolha completamente diferente da que eu fiz a quase 3 meses atrás. E você, usa qual plataforma? Deixe seu comentário contando sua experiência com a que usa.

22 janeiro 2015

Qual meu tipo?

Tenho notado que está acontecendo bastante busca aqui no blog a respeito de cabelo, não digo sobre produto para cabelo, mas sim o tipo de cabelo que possui, qual a diferença entre eles, os cuidados para cada tipo, enfim, bastante perguntas para conhecer o seu tipo de cabelo e tratar dele melhor, nesse post então tentarei sanar ao máximo a dúvida de vocês.

Sabemos que cada pessoa possui o cabelo diferente da outra, mas você sabia que existe uma classificação para identificar cada tipo de cabelo? Essa divisão é feita basicamente em lisos, ondulados, cacheados e crespos, seria fácil se fosse dividido apenas assim, essa  classificação ainda é dividida em subcategorias, sendo estas, separadas em três. Tá complicado? Calma que com as imagens vocês entenderão melhor.

Tipo 1: LISO


O cabelo que se enquadra no tipo 1 são os completamente lisos, com nenhuma ondulação em sua estrutura, lisos da raiz a ponta. Esse tipo de fio tende a ser macio pois a oleosidade natural consegue chegar a toda parte do cabelo, isso não é motivo para dispensar o uso de protetores térmicos, pois o uso de chapinha e secador pode transformar esse tipo de cabelo em seco e danificado.

  • 1A: Esse tipo de cabelo tende a ser extremamente liso, sabe aquele cabelo que você coloca um tic-tac e em pouco tempo ele já está escorregando? Provavelmente esse cabelo é 1A. Eles tendem a ser escorridos e oleosos. Para cuidar bem dele a medida é apostar em produtos para cabelo oleoso, já que a raiz precisa estar bem limpa. Para a finalização invista em produtos leves, pois do contrário poderá pesar o seu cabelo, também é indicado o uso de produtos que doam volume.

  • 1B: Já os fios de estrutura 2A são mais encorpados e costumam ser volumosos. Diferente do primeiro, esse consegue segurar cachos, grampos e prendedores, são mais fáceis de moldar.

  • 1C: São fios grossos, bastante encorpados e difíceis de modelar. Geralmente quem possui esse tipo de cabelo são as orientais. Assim como os outros do tipo 1, é indicado uso de produtos para cabelo oleoso para retirar a oleosidade acumulada da raiz e como tendem a ser mais macios e hidratados, evitar o uso de produtos muito hidratantes, quando o fizer, utilizar apenas nas pontas.

Tipo 2: ONDULADO
Se enquadra nesse caso os cabelos que estão entre o liso e o cacheado, sendo assim, sendo o ponto intermediário entre os dois. Ele possui principalmente a raiz lisa e as pontas onduladas, não chegando a formar o cacho, mas sim com um formato de S. São fáceis de modelar, amassando podem ganhar mais forma ao ondulado e ao fazer uma escova ficam lisos facilmente.

  • 2A: De aspecto quase liso, ele se adapta muito bem tanto a escova quanto a ser modelado com um babyliss. Por ser desse jeito, comumente, não apresenta volume, para dar maior definição a seu ondulado é indicado o uso de produtos leves como mouse, já que produtos mais pesados como pomada poderão murcha-lo e dar um aspecto não muito bonito ao fio.

  • 2B: Tende a ter suas ondas mais acentuadas, formando um S quase perfeito, por ter essa forma costuma ter uma maior tendência a produzir frizz com facilidade. Para que as ondas fiquem bonitas sempre é recomendado o uso de produtos anti-frizz e também produtos como mouse para que não pese demais o cabelo.

  • 2C: Os cachos já começam a se formar, formando ondas menos espaçadas e mais marcadas. Os cachos começam a se formar mais próximos a raiz, tendem a ser mais volumosos um pouco, formam ainda mais facilmente o frizz, sendo um pouco mais difíceis de modelar. Também é indicado o uso de produtos leves na finalização porém já pode ser utilizado ativadores de cacho, desde que não seja muito pesado, com a ajuda destes podemos moldar o cabelo amassando levemente até ter uma aparência de 3A.

Tipo 3: CACHEADO

Os fios dessa categoria enfim começam a tomar forma, os cachos parecem molinha, os famosos "tonhonhóin". Por ter essa forma, a oleosidade natural do cabelo não consegue chegar até a ponta do fio do cabelo, sendo assim tendem a ser mais secos e ressecados, mas com hidratação constante tornam-se macios e cheios de vida. Desembaraçar e pentear o cabelo no banho ajuda a não quebrar o fio, se amanhecer com o cabelo amassado, borrife água.
 
  • 3A: São cachos mais abertos, parecendo que foram feitos com babyliss, sendo largos e regular. Tendem a ter mais volume que o 2C. Para a finalização prefira géis, ativadores de cacho e leave-in. Por ser naturalmente mais ressecado, prefira os produtos hidratantes, os melhores shampoos são os sem sulfato.

  • 3B: Formam cachos mais pequenos, como se fossem uma molinha. Não se modelam facilmente com escova, essa tarefa costuma dar bastante trabalho. Faça hidratações constantemente para repor a água, para manter a hidratação no cabelo use finalizadores e shampoos hidratantes. Pode ser necessário repor a oleosidade que não chega até as pontas acrescentando um pouco de óleo extravirgem na hidratação, podendo utilizar também em pequena quantidade na finalização do cabelo, em excesso poderá pesar o cabelo.

  • 3C: Aqui os cachos são super pequenininhos e mais definido, é comum que ele encolha depois de seco. É ainda mais importante a hidratação para tal cabelo já que tendem a ser finos e frágeis. Para finalização não abra mão de produtos mais densos, como shampoos, óleos e manteigas, além de ajudarem na definição do cabelo auxiliam para que não perca a hidratação.

Tipo 4 : CRESPO
Geralmente são conhecidos como afro, são mais frágeis que os anteriores, tendem a ser ainda mais seco que os cacheados por causa da sua forma. O cabelo cresce naturalmente para cima. Como diferenciar um cabelo 3C e um 4A? Quando molhado o 4A tende a manter-se completamente enrolado enquanto o 3C fica um tanto quanto ondulado.

  • 4A: Possui cachos muito pequenos e são bem definidos. Por ser ainda mais seco que os demais, não é recomendado lavar todo dia esse tipo de cabelo para não retirar a oleosidade que já é pouca, para isso você pode preferir a lavação com condicionador (co-wash). Hidratação é  ainda mais importante para quem tem tal cabelo, você pode repor a oleosidade utilizando um pouco de azeite extra virgem na finalização. Para dar forma o cacho você pode utilizar produtos um pouco mais pesado e não abra mão dos ativadores de cacho.

  • 4B: O formato do cacho é diferente dos demais, ele possui uma forma de Z, sendo assim é bem menos definido que o 4A. Muita gente acha que por ser de tal forma, não forma cacho, porém se bem estimulado e cuidado, aos poucos os cachos tomam forma, por eles serem bem pequenininhos e juntos pode ser um pouco difícil, porém não impossível de vê-los. Para não quebra-los você não deve penteá-lo seco, apenas molhado, prefira fazer isso na hora do banho com um condicionador ou uma mascara hidratante. Abuse dos óleos para suprir a falta da oleosidade natural.

  • 4C: Pouca ou quase nenhuma definição define esse tipo de estrutura. Pode conter partes que definam mais assemelhando-se com um 4B misturados com parte com pouca ou nenhuma definição e formação de cacho. São ainda mais secos que todos os anteriores, por ser de tal maneira é melhor evitar lava-lo com shampoo, se possível, substitua essa pratica pelo co-wash. Como os demais, abuse dos óleos para mantê-lo hidratado a maior parte do tempo e da hidratação, se possível faça no mínimo 3 hidratações por semana. Na finalização abuse dos produtos hidratantes, finalizadores pesado podem ajudar a dar forma a seu cabelo.

Quer saber qual o meu cabelo? Mistura de 3A com 3B, tem dias que ele é mais um do que o outro, tem dias mesmo que parece até mesmo um 3C. Conseguiu  descobrir qual é o seu, ou ele é uma mistura doida igual a minha?

Espero que tenha conseguido tirar a dúvida da maioria de vocês, se ficou alguma dúvida, deixe seu comentário que responderei com o maior prazer.

Quero conhecer você: Me ajude a melhorar o conteúdo do blog respondendo essa pesquisa.

19 janeiro 2015

3 dicas para aproveitar as férias dentro de casa

Eu sei, eu sei, para muita gente as férias já estão quase no fim, porém algumas pessoas como eu, ainda possuem um tempo maior para aproveitar esses dias, e acredite, não sei se isso é bom ou ruim, mais tempo sem ter o que fazer kkk. Se você é assim como eu e não tem o costume de sair muito de casa nas férias, essas dicas podem te ajudar a ter dias mais animados.
Aproveite esse tempo que você tem para assistir os episódios atrasados da sua série favorita. Não assiste nenhuma? Comece! As séries além de fazer o tempo passar mais rápido, você acaba ficando o dia todo assistindo e nem percebe, te ensinam coisas novas também, nos dão uma nova visão do mundo e do nosso cotidiano. Sabe aquele inglês que você não consegue aprender? Assistindo séries você acaba aprendendo, muito do que sei foi assistindo os episódios legendados.


Coloque em dia sua leitura. Se você ama ler como eu, deve entender como é ruim você querer ler um livro e não poder pois está cheio de trabalho, atividade, seminário e afins da faculdade, escola ou do trabalho. Eu mesmo já deixei muitos livros pela metade por não conseguir dar conta de tudo ao mesmo tempo.


Faça uma sessão pipoca. Ficar de férias não significa ficar longe dos amigos ou colegas, se reúnam e façam uma bateria de filmes, assistir um filme com amigos sempre é sinal de diversão, não importando qual a categoria do filme a ser assistido e para não ficar chato, faça um revezamento na casa de quem será feito essa sessão pipoca. Eu sei que a dica é para quem passa as férias, mas casa de amigo também é nossa casa não é?

Tem alguma coisa que você gosta de fazer em casa nas férias? Compartilhe com a gente.

17 janeiro 2015

Você tem se cuidado?

Acredito que no Brasil inteiro tem feito muito calor nesse verão e alguns cuidados são fundamentais nessa época. Você deve estar pensando, lá vem mais uma doida falar do quão importante é usar o filtro solar, mas não, eu não estou aqui para falar disso, mas de um outro assunto tão importante quanto.
Muitas vezes cuidamos só da parte externa do nosso corpo, mas você tem cuidado da sua saúde interna? Eu assumo, eu não estava, e com o calor que tem feito fui parar no hospital, eu não me cuidei e não tomei nem perto a quantidade necessária de água para me manter saudável, eu tive uma desidratação. Ouvimos tanto sobre isso, mas você realmente sabe o que é?
Desidratação é uma doença potencialmente grave que se caracteriza pela baixa concentração não só de água, mas também de sais minerais e líquidos orgânicos no corpo, a ponto de impedir que ele realize suas funções normais. A enfermidade pode ser secundária a diarreias agudas e afetar pessoas de todas as idades, mas é mais perigosa para as crianças (especialmente recém-nascidos e lactentes) e para os idosos. Drauzio Varella
E o que causa a desidratação? De forma simplificada, ocorre basicamente quando eliminamos mais água do nosso organismo do que repomos, seja essa perda por suor, excesso de micção, ou até mesmo por exagero de diuréticos. No meu caso, foi por causa da falta de ingestão de água e como eu estava no Paraná, aquele calor que eu não estou acostumada, perdia líquidos suando e não repunha o necessário.
A desidratação pode ser classificada, segundo o grau de gravidade, em leve, moderada e grave. São sinais clássicos da desidratação leve e moderada a sede exagerada, boca e pele secas, olhos fundos, ausência ou pequena produção de lágrimas, diminuição da sudorese e, nos bebês, a moleira afundada.  Dor de cabeça, sonolência, tonturas, fraqueza, cansaço e aumento da frequência cardíaca também podem estar associados aos episódios de desidratação. Além desses sintomas, que se intensificam com o agravamento do quadro, nos casos de desidratação grave, podem surgir outros, como queda de pressão arterial, perda de consciência, convulsões, coma, falência de órgãos e morte. Drauzio Varella

Eu estava muito mal, estava com sonolência, me sentia fraca, me sentia bem apenas deitada, sentia meu coração bater mais rapidamente, dor de cabeça pois não conseguia comer nem beber nada, diarreia, vômito e quase desmaie de fraqueza. Quem diria não é, a falta de água provoca inúmeras reações no nosso corpo. Não espere muito para procurar um médico, percebeu que não está bem, vá logo, quanto antes você fizer isso mais rapidamente seu corpo irá melhorar.
Está com algum desses sintomas? Tome água, mas não tome apressadamente, tome goles pequenos e pausadamente. Procure se alimentar com frutas frescas e com bastante líquido, tais como laranja e melancia. Os isotônicos também ajudam nessa época, pois além de repor o líquido você também estará repondo energia perdida.
Com esse calor não podemos vacilar, fique atento se possui criança em casa, ofereça sempre água, suco, algo para que não fiquem desidratados.

15 janeiro 2015

Testei e aprovei: Secrets Professional Mandioca

Sabe quando você gosta tanto de um produto e não sabe direito nem por onde começar a falar dele? Eu estou assim, a dois dias tentando escrever esse post e não consigo, tanto para dizer que me perco perdoem. Eu recebi o produto da marca a aproximadamente 1 mês, para testar e contar para vocês, assim que chegou eu fiquei louca para experimentar, porém já tinha produto em uso então aproveitei a viagem como desculpa para usa-lo, eles já estão na metade e eu estou ficando louca querendo mais e na minha cidade não tem para vender.
O kit que eu recebi é composto por 5 itens: Shampoo, Condicionador,Máscara, Leave In e Fluído Auto Aquecido. No catalogo que recebi juntamente com os produtos notei apenas uma diferença nesses itens, aparece como contendo o creme e não o fluído, não sei se é lançamento ou algo do tipo.
Promete: Secrets Mandioca apresenta a associação de ativos vegetais da mandioca e Semi di Lino que, graças à sua ação umectante e hidratante, conferem brilho e maciez. E o complexo de ervas terapêuticas enriquecido com aminoácidos auxilia no fortalecimento e crescimento dos fios de cabelo.
Sabe aqueles cremes que prometem brilho e você crente nisso compra e não vê resultado nenhum? Isso não acontece com essa linha, eu não estava esperando nada relacionado a isso, até que passei na frente do espelho e vi meu cabelo lindo e brilhoso, nem preciso falar que amei né.

Shampoo: Por ser hidratante ele é um pouco perolado, não sei definir muito bem, como se fosse uma mistura do perolado com o transparente, uma cor meio esbranquiçada sabe. Ele limpa muito bem, mas eu sinto a necessidade de fazer duas aplicações, toda a linha é zero sal, então não faz tanta espuma e eu gosto de shampoo que faz espuma. Sinto que ele deixa o meu cabelo um pouco ressecado, mas nada de mais.
Condicionador: Posso dizer? Meu preferido, o pouco que passo no cabelo deixa ele super macio, como se recompensasse o ressecado que ficou o cabelo do shampoo. Mesmo eu achando ele um pouco ralinho, poderia ser um pouco mais consistente na minha opinião. Até quando não uso a máscara ou o fluído sinto meu cabelo super leve e hidratado.
Máscara: Se só o condicionador já faz milagre no cabelo, imagine essa máscara. O que mais me chamou atenção foi a textura dela, ela não é liquida mas também não é super consistente sabe, meio que me lembra como se tivesse batido a mandioca mesmo e feito um purê sabe. Depois do uso dela sinto meu cabelo super macio e hidratado, ainda não consegui fazer uma super hidratação com ela, usei só rapidinho no banho, porque sabe como é em viagem né, a gente quer é aproveitar o lugar e a companhia, o tempo de ação dela é de 10 minutos e ainda não consegui deixar esse tempo no cabelo.
Fluído Auto Aquecido: Que produto maluco, nunca tinha usado algo desse tipo. O conteúdo dele lembra essas ampolas que compramos na farmácia, bem líquido, porém ele é um tanto gosmentinho ao toque e a pergunta fica, porque auto aquecido, simples, para usar ele temos que estar com os cabelos lavados, aplicamos um pouco na palma da mão e esfregamos até obter uma espuma cremosa, quando a gente faz isso ele esquenta, é um calorzinho gostoso. Pelo que eu entendi, ele funciona como uma mascara, pelo menos é essa sensação que dá no cabelo e super hidrata também, embora eu tenha preferido usa-la quando não uso esse shampoo. O vidrinho de 12 ml consegui usar 3 vezes.
Leave In: Confesso, fiquei um pouco decepcionada com ele, não por ele ser ruim, nem nada do tipo, mas por ele não segurar meu cacho, para ter um bom resultado com ele preciso utilizar um outro creme junto, sozinho ele se torna muito ralo, mas mesmo usando muito produto ele não deixou meu cabelo oleoso, então acredito que para quem possui cabelo liso ele vai ser um grande aliado, e ele não pesa no cabelo, agora com o verão isso é super bom e importante, e ele possui proteção térmica também.
Essa linha é indicada para cabelos ressecados e opacos e promete fortalecer e auxiliar no crescimento do fio. Sobre fortalecimento não tenho muito o que falar, meu cabelo já é forte, então não notei muita diferença nesse quesito, já falando de crescimento percebi que meu cabelo cresceu um pouco depois que comecei a usar ele, porém como não estava em casa não tenho como garantir que seja a linha a responsável por isso.
Já usou algum produto da marca? Deixe seu comentário a respeito, se usar esse, deixe sua foto!

13 janeiro 2015

Yamasterol tradicional X Yamasterol queratina

Já falei do novo integrante da linha do Yamasterol para vocês e hoje venho fazer uma comparação entre o Yamasterol "amarelinho" e o Yamasterol queratina. Não sabe que creme é esse? Acredite quando eu digo que é o melhor creme já inventado, simplesmente por ser um creme multifuncional, você pode usar na hora a hidratação, como condicionador ou creme de pentear.


Yamasterol com babosa e d-pantenol:

  • Yamasterol com babosa (aloe-vera) e d-pantenol, possui ingredientes de ação profunda que hidratam, protegem, desembaraçam, dão brilho e facilitam o penteado. No dia-a-dia, yamasterol hidrata, desembaraça os fios facilitando o penteado. Pode ser usado com ou sem enxague após o shampoo. Nos banho de tratamento, yamasterol hidrata e amacia os cabelos (...). Nos banhos de mar ou piscina, yamasterol protege os cabelos contra o sol e o cloro. Reaplique a cada mergulho.

Minha visão: Ele é um creme super leve, ralinho e fininho e se dá com todos os tipos de cabelo, além de ser super barato. Já usei ele para fazer co-wash, na hidratação, como creme de pentear e para desembaraçar o cabelo antes de aplicar o shampoo e não tenho nada do que reclamar dele. Por ser levinho ele não pesa no cabelo, mesmo que a gente exagere um pouco na quantidade, mas isso pode variar de cabelo para cabelo.


Yamasterol com queratina:
  • Yamasterol queratina é um creme multifuncional para tratamento completo, desenvolvido para todos os tipos de cabelo, secos ou quimicamente tratados, que hidrata, protege, fortalece e promove o reequilíbrio dos fios deixando-os saudáveis, com movimento e aspecto natural. Ideal para hidratações banhos de creme ou tratamento pós-piscina e ma, pois desembaraçam os fios proporcionando brilho e facilitando o penteado.
Minha visão: Ele é um creme ótimo, porém muito mais ralinho que o yamasterol tradicional, por esse motivo, não gosto dele puro no meu cabelo, ele deixa super macio, mas não segura o meu cacho e isso para mim é um ponto negativo. O único ponto positivo dele a meu ver é o co-wash, que realiza perfeitamente bem,  com ele consigo sentir o couro cabeludo super limpo e fresquinho. Ainda não tive a oportunidade de utiliza-lo após a praia, mas acredito que ele seja ótimo nesse ponto por dar leveza ao cabelo.

Um ou outro? Acho que deu para perceber que o Yamasterol com babosa é meu queridinho né? Os dois desenvolvem muito bem o seu papel, o que não me agrada muito no de queratina é a consistência dele, se não fosse esse fato os consideraria como empatados.

Já usou os dois? Entre eles, qual foi o seu favorito?

11 janeiro 2015

O que mudou com meu cabelo curto?

Eu sou uma pessoa que AMA cabelo super longo e assumo que se pudesse ficaria um bom tempo sem cortar meu cabelo, mas como sei que esse é um mal necessário procuro cortar de 3 em 3 meses. Mas eis que por conta de um produto que usei para descolorir o meu cabelo eu precisei cortar muito mais que o costume.


O que foi que aconteceu?


Eu quis entrar na "moda" e fazer umas californianas, comprei um produto, procurei na internet informações a respeito, só notícias boas, fui testar, nas primeiras semanas ok, tudo muito bom, não estava da cor que eu queria mas estava aceitável, porém com o tempo fui notando que meus cachos não se formavam mais aonde tinha sido descolorido, tentei de tudo mas a única coisa que resolveu foi a tesoura, cortei toda a parte "alisada", imaginem o tanto de cabelo que tive que tirar...


100_4698


O que notei que mudou?


Posso dizer que meu cabelo mudou bastante depois do corte, não só de tamanho, mas parece que o jeito dele mudou sabe, criou uma personalidade diferente. Como assim? Vou listar algumas coisas para vocês.




  • Oleosidade: Meu cabelo sempre foi muuuito seco, vivia precisando de nutrição, agora com o cabelo curto ele tem ficado oleoso mais rápido, não só na raiz, mas no comprimento também.

  • Tempo de secagem: Mesmo no verão meu cabelo demora pra secar, as vezes preciso que o ventilador esteja ligado em cima de mim para acelerar esse processo. Com o cabelo curto agora no máximo em 1 hora meu cabelo está completamente seco.

  • Quantidade de creme: Se tem uma coisa que meu cabelo ama é receber creme e notei que isso mudou bastante, ele tem precisado de muito menos creme que o normal.

  • Hidratações:  Nesse tempo que estou me adaptando ao cabelo curto tenho notado que ele tem se mantido mais tempo hidratado e que tem recebido muito melhor as hidratações, não se se por conta da parte que estava prejudicando o cabelo ter saído..


100_4703

Eu não desisti do meu cabelo longo, mas to curtindo muito essa fase de curtinho, ainda to aprendendo a cuidar dele assim, entender as mudanças que estão acontecendo com ele. A única coisa que ainda não estou gostando dele é que não dá de fazer colinha direito, sempre fica soltando alguma parte, mas isso a gente sempre dá um jeito.

E você, tem cabelo curto ou longo? Prefere ele como? Já aconteceu algo com você que teve que mudar ele contra sua vontade? Deixe seu comentário, divida sua história com a gente.

Facebook | Pinterest


Assinatura

07 janeiro 2015

O que tenho usado no meu cabelo| Finalizadores

Depois de ter mostrados os meus produtinhos de hidratação aqui, venho lhes apresentar meus finalizadores, esse mês usei pouca coisa e metade delas já mostrei para vocês, quem me acompanha já deve estar sabendo quais são. Prometo que esse não vai ser tão longo quanto o primeiro.



Creme Gloss Defrizante: Meu queridinho do mês. Esse creme disputa o primeiro lugar com o Yamasterol. Ele é protetor térmico e agora para o verão é ótimo e também para as meninas que gostam de chapinha e secador. Funciona muito bem para as cacheadas segurando os cachos quando para as meninas de cabelo liso porque não pesa nos fios.



Yamasterol com babosa e d-pantenol: Apesar dele ser daquele creme super fininho, tem funcionado perfeitamente bem no meu cabelo. Usava ele apenas para reativar meus cachos, mas ele tem segurado perfeitamente meus cachos sem que eu precise usar um outro creme mais grosso antes.




Yamasterol com queratina: Já fiz a resenha dele aqui. Embora eu ache ele muuuuuuuito mais ralo que o yamasterol tradicional, os dois juntos funcionam muito bem. Ele deixa meu cabelo super macio e hidratado, quando uso ele sinto que meu cabelo fica mais soltinho.



Gel: Sim, eu uso gel para finalizar meu cabelo. Apesar dele ressecar um pouco o cabelo com o uso contínuo eu gosto do efeito dele. Aquele dia que eu preciso que meu cabelo dure mais ou desejo uma maior definição uso ele. Mas é importante usar um gel que não contenha álcool para não ressecar demais o cabelo.

Por hoje é isso, espero que tenham gostado, tem algum creme para me indicar? Deixe seu comentário, irei atrás para testar.

05 janeiro 2015

O que tenho usado no meu cabelo | Hidratação

Se tem algo que eu sempre gostei de comprar é coisas para cuidar de mim, embora nem sempre use, mas eu sempre quero testar algo novo, ter algo que eu saiba que um dia vou usar. Depois que eu comecei a cuidar do meu cabelo isso só piorou. É uma tentação passar pelo corredor dos cabelos no mercado ou entrar em algum cosmético.


Embora eu saiba que eu não preciso ter muitos produtos a necessidade de conhecer marcas novas e produtos novos é maior que eu, sei que muitos dos produtos que tenho em casa eu não preciso deles, poderia sobreviver com muito menos. E o post de hoje é para mostrar meu pequeno arsenal e como ele vai ser um pouquinho grande vou dividir em dois: Os de hidratação e os de finalização.


Creme de Hidratação Máxima Quinoa-Active | Niely Gold: Embora esse creme diga que seja de nutrição eu uso ele como de hidratação, pelo menos para mim os ingredientes dele são mais hidratantes do que nutritivos. Uso ele tanto puro quanto batizado com glicerina. O cheirinho dele fica até depois do cabelo finalizado e eu amo isso em cremes.


Óleo de Ojon | Bello Cosméticos: Tenho de confessar que esse creme não é meu preferido não, mas já que comprei tenho de usar né. Já tenho ele a 2 meses w ainda não chegou nem na metade. Por conter óleo encaixo ele na etapa de nutrição, embora eu ache que ele não seja tão nutritivo assim. A consistência dele é muito estranha e o cheiro também, e fica no cabelo o cheiro, se ele fosse um creme com cheiro bom não me importaria com isso. Mas esse? Não precisava disso não, dispenso kk.


Queratinização Profunda | Seda Professional: Já falei nesse post sobre esse creme. O creme com cheiro de infância.. Se você ainda não usou, não perca tempo, sério! Larga tudo que está fazendo e vai ali na loja de cosméticos comprar não, não precisa me obedecer!. Simplesmente o melhor creme que eu podia ter comprado na minha vida. Já estou querendo os outros. Ah, eu uso ele na etapa de reconstrução.

Acabando a linha dos cremes, não poderia faltar meus queridos complementos. Não consigo usar o creme puro, sempre invento alguma coisa, batizo eles com algo, faço as famosas receitas caseiras (Vocês querem post sobre isso?).


Azeite de oliva: Como eu vivi tanto tempo sem usar azeite no meu cabelo? Que possui cabelo cacheado sabe como nossos cabelo é seco, depois que comecei a usar azeite nele meu cabelo mudou completamente, fica tão macio que é uma seda.


Glicerina: Sabe aquele dia que você quer dar uma super hidratada no cabelo? Experimente usar a glicerina. Não preciso deixar nem 10 minutinhos que meu cabelo fica super macio e ele repõe água nos fios e essa é uma outra coisa que quem tem cabelo cacheado precisa.


Vinagre de maçã: Depois que descobri o milagre que esse lindo faz nos cabelos não consigo mais viver sem ele. Já falei dele aqui. Tem gente que gosta de usar ele na salada também, mas o cheiro dele não me agrada muito e muito menos o gosto, então 500ml vai durar quase um ano.

Não falei que tinha muita coisa? Não, você não precisa de tudo isso, eu mesmo não preciso de tudo isso, eu sei que tenho produtos aqui o suficiente mas não estou contente com isso, mas é uma coisa minha. Não é porque eu tenho que você precisa ter também. Espero que tenham gostado, se já usou algum desses deixe seu comentário, quero saber qual foi o resultado que você obteve. Quer me indicar algum produto? Comente também, irei atrás para comprar.

03 janeiro 2015

Como se organizar com o blog?

Eu não sei como vocês são, mas eu sou uma pessoa completamente desorganizada, trabalho da faculdade se é individual, esquece, só vou fazer na última semana, funciono mais sobre pressão.. Eis que eu decido criar o blog e me vejo na seguinte situação: Como eu vou me organizar com o blog?



Tenho certeza que não sou a melhor pessoa para dar essa dica a vocês, mas vamos lá.. A única solução que encontrei foi usar uma agenda. Faço alguma separação em especial? Não, mas deveria. Não precisa ser uma agenda grande, dividida por dias, cores e afins. Compre uma pequena, que possua espaço o suficiente para que você possa escrever o próprio post nela e que você consiga levar ela para qualquer lugar.

Uma outra coisa que estou usando para me ajudar com os posts é um aplicativo no celular, o color note, se não dá para você levar a agenda para todo lugar junto com você ele é um ótimo quebra-galho. Acabou de ter uma ideia e não tem onde escrever? Faz ali! E ele ainda possui lembretes, então se você é esquecida como eu, escreve ali rapidinho e deixa programado para ser lembrado mais tarde.



Uma coisa que eu não faço mas que recomendo a vocês é separar sua agenda por assunto, mês.. Da forma que for melhor para você, mas fazer pelo menos alguma separação, isso irá facilitar na hora de achar um ideia que você teve, ou um post que você já deixou escrito.. Agora com um pouco mais de 1 mês de blog, comecei a perceber essa necessidade e estou me perdendo nas minhas ideias anotadas. Se você possui blog e canal pode ajudar também se você separar nesses dois temas.

Se organiza de outro jeito? Divida com a gente, deixe seu comentário.

01 janeiro 2015

Enfim 2015!

Vi muita gente fazendo listas de coisas para fazer antes de 2014 terminar, mas eu preferi fazer "diferente". Nem tão diferente assim né, sei que é clichê fazer essas listas de coisas para fazer no ano que se inicia, mas acreditem ou não, eu não faço parte desse time, já sei que não vou conseguir realizar algumas então, prefiro não fazer para não me frustrar depois.


Nesse ano de 2015 me propus a fazer 15 coisas antes que ele acabe e vim compartilhar com vocês minha lista:




  1. Me dedicar mais ao blog;

  2. Melhorar minha organização;

  3. Me exercitar mais;

  4. Criar meu canal no youtube;

  5. Cuidar mais da minha saúde;

  6. Dedicar mais tempo a quem está do meu lado;

  7. Não me irritar tão facilmente;

  8. Desapegar de coisas que não uso mais;

  9. Dedicar mais tempo a minha pele e unha;

  10. Não ser tão impulsiva;

  11. Passar em todas as matérias da faculdade;

  12. Ler mais livros;

  13. Guardar dinheiro;

  14. Comprar o domínio do blog;

  15. Estudar mais.


Sei que são coisas simples, mas acreditem, se eu conseguir realizar todas elas já vai ser uma vitória e uma grande mudança na minha vida. Você também fez alguma lista com desejos ou coisas para realizar esse ano? Divida com a gente.


Facebook | Pinterest


Assinatura